Mulher

Grávidas e puérperas são agora grupo de risco para o novo coronavírus

mulher grávida com a mão na barriga. veja relação entre gravidez e coronavírus

Grávidas e puérperas passam a ser grupo de risco para covid-19. Veja relação entre gravidez e o novo coronavírus.

 

O Ministério da Saúde anunciou na semana do dia 13/04/2020 que grávidas e puérperas (que tiveram filhos nos últimos 45 dias) fazem parte do grupo de risco que tem maior risco de sofrer complicações da covid-19, provocada pelo novo coronavírus. Apesar de não haver estudos sobre o impacto em gestantes e puérperas, a pasta as inclui no grupo por precaução, visto que já que houve casos de morte no país.

Além disso, a inclusão dessas mulheres levou em consideração a ação de outros coronavírus e vírus gripais já conhecidos e estudados, como o influenza. Em nota, o Ministério encaminhou o seguinte posicionamento: “As gestantes e puérperas são mais vulneráveis a infecções e, por isso, estão nos grupos de risco do vírus da gripe. Estudos científicos apontam que a fisiopatologia do vírus H1N1 pode apresentar letalidade nesses grupos associados à história clínica de comorbidades dessas mulheres. Sendo assim, para a infecção pela covid-19 o risco é semelhante pelos mesmos motivos fisiológicos, embora ainda não tenha estudo específico conclusivo. Portanto, os cuidados com gestantes e puérperas devem ser rigorosos e contínuos, independentemente do histórico clínico das pacientes”.

Veja também: Máscara! É hora de usar

De qualquer maneira, ressaltamos que as precauções para evitar infecção pelo coronavírus seguem as mesmas. Caso esteja grávida ou em fase de amamentação, atente aos seguintes cuidados:

  • Continue seguindo sua rotina de acompanhamento médico;
  • Utilize máscara de tecido ou descartável se precisar sair de casa;
  • Vacine-se contra a gripe;
  • Mantenha a rotina de amamentação;
  • Lave sempre as mãos com álcool gel ou água e sabão, principalmente antes de tocar seu bebê, e mantenha superfícies e objetos limpos e desinfetados;
  • Evite receber visitas neste momento;
  • Se tiver febre, tosse ou dificuldade para respirar, procure assistência médica imediatamente.

Sobre o autor: Juliana Conte

Juliana Conte é jornalista, repórter do Portal Drauzio Varella desde 2012. Interessa-se por questões relacionadas a manejo de dores, atividade física e alimentação saudável.

Leia mais